relatório anual 2017

QUANTUM

Criada em 2017, a Quantum é a empresa responsável por nossas operações de linhas de transmissão de energia elétrica. Em 2015, nos associamos ao grupo espanhol ACS, por meio de sua subsidiária CYMI, para investir conjuntamente na construção de quatro projetos de concessão de linhas e subestações de transmissão de energia elétrica em alta tensão. Em 2016, ampliamos nossa presença com a conquista de outros três lotes, por meio de leilão público promovido pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. Atualmente, os sete projetos somam 4.310 km de linhas de transmissão, além da construção de 13 novas subestações de energia e ampliação de outras 27 existentes, distribuídas nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil. Os investimentos serão de R$ 9 bilhões até 2022. Com a entrada dos projetos já em operação, e a gradual entrega dos demais previstos, a Quantum se posiciona como uma das maiores transmissoras de energia do Brasil.

No ano de 2017, houve a entrega dos primeiros 522 Km de linhas de transmissão sob nossa concessão. Foram 251 km nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará (Projeto Esperanza), que receberam investimentos de aproximadamente R$ 530 milhões, e outros 301 km no estado da Bahia (Projeto Odoyá), com recursos de pouco mais de R$ 570 milhões.

No caso do Projeto Esperanza, já obtivemos autorização para recebimento de 100% da Receita Anual Permitida (RAP). No Projeto Odoyá, obtivemos, ainda em 2017, autorização para 96% da RAP e aguardamos, para o início de 2018, a aprovação dos 4% restantes. A RAP é o modelo de remuneração utilizado no Brasil para as linhas em operação e é definida no momento do arremate dos projetos em leilão, com correção ajustada pela inflação durante a vigência das concessões, o que elimina eventuais oscilações decorrentes de demanda e/ou preço da energia. Ao longo do ano, concluímos também toda nossa estrutura de capital de longo prazo para os dois projetos, com financiamentos via BNDES e emissão de debêntures, classificada pela agência de avaliação Fitch com o rating AA+.

 

PERSPECTIVAS

Para 2018, a principal meta da Quantum é entregar outros 1.144 km de linhas de transmissão de energia, sendo 241 km referentes ao Projeto Esperanza entre os estados do Ceará e Rio Grande do Norte e 903 km referentes ao Projeto JMM, entre os estados da Bahia e Piauí, perfazendo um Capex de quase R$ 1,6 bilhão. Em paralelo a isso, a Quantum vai incorporar 100% do capital das concessionárias de transmissão de energia elétrica Odoyá e Esperanza, que juntas totalizam 793 km de linhas de transmissão e sete subestações de alta tensão.

O Brasil possui cerca de 135 mil km de linhas de transmissão, das quais 70 mil km foram concedidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) a partir de 1999. De acordo com dados publicados pela Empresa de Pesquisa Energética – EPE (vinculada ao Ministério de Minas e Energia), durante 2017-2026 serão investidos aproximadamente R$ 119 bilhões em 62 mil km de novas linhas. Os investimentos são relacionados à necessidade de conexão de novas usinas hidrelétricas e plantas de energia eólica e solar que vêm sendo construídas, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do País. Nos últimos anos, a ANEEL tem realizado anualmente de dois a três leilões de concessão de linhas de transmissão e a Quantum seguirá atenta às futuras oportunidades de ampliação da malha nacional.