NTS

brookfield_2018_04-01_infraestrutura-nts_01_dutos-transporte-gas-nts-min.png
brookfield_2018_04-01_infraestrutura-nts_01_logo-nts-min.png
 

Adquirida em 2017, por US$ 5,2 bilhões, a NTS opera uma rede de mais de 2.000 km de gasodutos que ligam os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo (responsáveis por, aproximadamente, 50% do consumo de gás no Brasil) ao gasoduto Bolívia-Brasil, a terminais de gás natural liquefeito (GNL) e a plantas de processamento de gás.

quadrados-brookfield-04_02.png
 

Principais indicadores financeiros 

Em 2018, a companhia obteve receita operacional líquida de aproximadamente R$ 4 bilhões e EBITDA de R$ 3,6 bilhões, valores praticamente em linha com o exercício anterior. 

Vale destacar a operação de refinanciamento de R$ 5,2 bilhões – a maior emissão de dívida da história do mercado de capitais brasileiro para empresas não financeiras –, que permitiu à NTS reduzir em 22% as suas despesas financeiras.

 
Estação de compressão de gás da NTS, Taubaté, São Paulo

Estação de compressão de gás da NTS, Taubaté, São Paulo

 

Destaques operacionais

A capacidade de transporte dutoviário da NTS está 100% contratada pela Petrobras por meio de cinco contratos de transporte de gás (GTAs), regulados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em 2018, o volume médio de gás transportado foi de 60,2 milhões de m³/dia. No mês de julho, foi registrado o volume máximo histórico de 69,9 milhões de m³/dia. 

Os investimentos realizados ao longo do ano (R$ 130 milhões), voltados para garantir a disponibilidade e confiabilidade dos gasodutos e equipamentos, incluíram melhorias, adequações e modernizações, de acordo com obrigações contratuais e obrigações associadas à conformidade legal e regulatória. 

Principais investimentos de 2018

  • Conclusão das obras de estabilização definitiva do túnel do GASDUC III, em Cachoeiras de Macacu-RJ. Investimento total de R$ 60 milhões.

  • Conclusão de 11 dos 13 projetos de melhorias nos sistemas de medição, com previsão de finalização dos dois projetos remanescentes em 2019. Custo total de R$ 53 milhões.

  • Cumprimento de condicionantes ambientais associadas à instalação dos dutos, totalizando R$ 14,5 milhões.

 
 

Números / Destaques

 

2.048km

de gasodutos



~60Mm³/d

de gás transportado em 2018



R$4B

receita líquida de 2018



quadrados-brookfield-07.png
 

Perspectivas

Para 2019, a grande expectativa é de que o Congresso Nacional dê andamento às discussões de um novo marco legal e regulatório para o setor de gás. O estabelecimento de novas regras de concorrência poderá atrair novos investimentos.

Com sua rede localizada nos maiores mercados consumidores do país, a NTS está bem posicionada para capturar oportunidades provenientes de um eventual crescimento na demanda de transporte de gás natural em seus mercados de atuação.

 
Estação de compressão de gás da NTS, Taubaté, São Paulo

Estação de compressão de gás da NTS, Taubaté, São Paulo

 
 

mapa de ativos

 

quadrados-brookfield-04.png
 

Mais sobre infraestrutura